Resenha: A Morte de Sarai de J. A. Redmerski




Titulo: A Morte de Sarai
Titulo Original: Killing Sarai
Autora: J. A. Redmerski
Editora: Editora Suma de Letras
Paginas: 225
Ano: 2015
ISBN: 9788581052571



A morte de Sarai é o primeiro livro da Na Companhia de Assassinos e conta a historia de Sarai, que tinha sonhos comuns para uma adolescente de 14 anos, como terminar a escola e conseguir uma bolsa de estudos em alguma universidade. Mas tudo acaba quando sua mãe a leva para o México para viver com um poderoso traficante de drogas e de mulheres, conhecido como Javier.

Desde que Javier a viu pela primeira vez ele se apaixonou e a mantém em cativeiro, desde que sua mãe faleceu. Sarai convive com outras meninas que não possuem a mesma sorte.


No começo ela tinha a esperança de voltar para os EUA e seguir com a sua vida d maneira que pretendesse, mas depois de nove anos presa e sendo obrigada a presenciar o pior lado de um ser humano ela perdeu as esperanças de ter, algum dia, uma vida normal, mas nunca desistiu de escapar daquele inferno.

Tudo começa quando Victor, um assassino profissional, treinado desde pequeno a matar a sangue frio é contratado pelo Javier. Quando ele chega à fortaleza para negociar o serviço, Sarai finalmente vê uma oportunidade para escapar e ser livre.

O único problema é que Sarai percebe que ele não é como todo outro homem que frequenta a fortaleza, não seria nada fácil convence-lo a ajuda-la e parece ser inútil seduzi-lo e muito menos ameaça-lo.

Com o desenrolar da historia as circunstancia fazem com que o rumo das coisas torna totalmente inesperado, obrigando ambos a questionarem a si mesmo naquilo que acreditam e o que realmente é importante. Victor decide, então, ajudar a Sarai a se tornar livre, mas ela não consegue entender do porque que sua vontade de ser livre se torna em um desejo, quase que irresistível, de se prender aquele homem frio e misterioso para o resto de sua vida.

Apesar de o livro ter uma sinopse simples e a capa, que fique entre a gente, ser feia ou de certa forma estranha, a historia é simplesmente incrível e envolvente. Você nunca sabe o que esperar dos personagens, o que eles realmente estão pensando, o que vão fazer como irão reagir. Como se deve esperar o livro possui algumas cenas pesadas e explicitas, então se você espera encontrar um romance entre uma menina frágil, desesperada e capaz de fazer qualquer coisa para ter o que quer e um homem misterioso, que no fim vai se tornar o seu herói.

No começo do livro Sarai é realmente uma menina frágil, deprimida e em alguns momentos chata, mas com o passar ela vai amadurecendo e se tornando uma das mulheres mais fortes que já li. E Victor, é um homem que acaba descobrindo que nem tudo tem que se tratado de uma maneira fria e ele também acaba aprendendo a confiar e aos poucos vai demostrando um lado mais calmo, protetor e de certa forma amável.

Esse livro trata de assuntos que são muito recorrentes na mídia, como o trafico internacionais de drogas, de mulheres, estupros, lavagem de dinheiro, corrupção, assassinatos e entre outros crimes.  O que mais gostei desse livro é que a autora quis demostrar à realidade e eu achei que ela alcançou esse objetivo, afinal o livro, o romance tem falhas e isso tornou tudo mais real, ainda mais sabendo que existem pessoas que sofrem isso e que vivem nessa mesma situação ou até pior.


Enfim, recomendo e muito esse livro, garanto que você vai gostar da leitura e que vai até mesmo ler ele bem rápido.

2 comentários

  1. Gosto desse gênero de livro.
    Acho que vou gostar, vou anotar para poder ler futuramente.

    Boa semana
    Beijos
    www.doceestante.com

    ResponderExcluir
  2. Espero que você goste tanto quanto eu 😊
    Boa Semana e Boa Leitura!

    ResponderExcluir

Topo