Resenha: Amante Sombrio de J.R. Ward


Titulo: Amante Sombrio
Titulo Original: Dark Lover
Autor:  J. R. Ward
Editora: Universo dos Livros
Paginas: 448
Ano: 2009
ISBN-13: 9788579300820
ISBN-10: 8579300827
Nota: 5/5




Para começar este post devo dizer que demorei muito tempo para começar essa saga, e quando eu digo que demorei é porque demorei mesmo, tipo uns 3 ou 4 anos. Gosto muito de historias que tem como elementos e seres sobrenaturais, admito que tenho uma pequena queda para vampiros.



Vocês devem estar se perguntado, mas como você gosta de ler romances sobrenaturais demorou tanto para ler este? A resposta é simples, para começar os livros sempre são muito caros e fiquei com um pé atras pois esta série tem 11 livros, são muitos. E vamos ser sinceros, quando uma série é muito longa, o autor não consegue manter, na maioria das vezes, a qualidade e o entretenimento que os livros anteriores, e eu não estava disposta a pagar caro nos livros sabendo que a probabilidade de me decepcionar com eles eram altas.

O que me fez dar uma chance a ela foi uma promoção incrível de uma livraria aqui na minha cidade que esta vendendo cada livro da série por R$ 14,90 e claro eu descobri que cada livro conta a história de um personagem diferente, por tanto a probabilidade da autora enrolar ou "estragar" os livros são menores, no meu ponto de vista.

Para a resenha começar de fato devo dizer que a A Irmandade da Adaga Negra (nome da série) é uma irmandade formada por 7 irmãos, que são os vampiros mais fortes e que possuem o sangue puro e o objetivos de todos é defender a sua raça contra os redutores, seres humanos que são transformados em mortos-vivos(por assim dizer) pelo Ômega, o maior e mais perigo inimigo da Deusa dos vampiros, visando eliminar toda a raça vampírica e dominar a raça humana.

A série vai se focar na vida dos irmãos, que formam essa fraternidade, e cada livro, como disse mais acima, vai contar  a história de cada um e como eles chegaram a fazer parte da irmandade e o porque, mas é claro que o foco principal vai ser a descoberta do amor de cada um ao mesmo tempo em que eles lutam pela sua raça.

O Amante Sombrio, é o primeiro livro dessa série e vai nos apresentar os integrantes da Irmandade, que são Wrath, Darius, Rhage, Vishous, Zsadist, Phury e Torment.

O protagonista desta historia é Wrath, que é o líder da Irmandade e o último herdeiro do trono, mas nunca quis assumir o seu lugar como Rei, pois acreditava que não era digno para governar o seu povo, acredita que é um guerreiro e que o seu lugar era lutando juntamente com os seus irmão da Irmandade. Entre os civis, Wrath era conhecido como o Rei Cego, pois apesar de ser considerado o vampiro mais forte e temido por todos ele possui uma deficiência visual, ele não cega a ser cego, mas não consegue enxergar quase nada, apesar desse fato não o atrapalhar em nada.

A história começa quando Darius, integrante da Irmandade no começo, pede para Wrath dar o seu sangue, que é puro, para a sua filha Beth que está preste a completar 25 anos, idade em que os mestiços passam pela transição e muitos deles não resistem e acabam morrendo, e a única chance de passar pela transição é ingerir o sangue de algum vampiro puro. 

No começo Wrath não aceita, mas quando Darius é assassinado, ele vê a realização do pedido como uma obrigação e vai atrás de Beth para proteger e ajuda-la, mas quando ele ao vê-la pela primeira vez ele sente uma atracão irresistível e quando percebe que há reciprocidade, ele dá procedimento a sedução, mas não percebe que levando isso adiante o vinculo se tornará inevitável e irreversível.

Beth é uma jornalista, que possui uma vida relativamente normal, que mora em um apartamento pequeno com o seu gato e que sonha em mudar o rumo de sua vida, mas nuca toma coragem para realizar tal ato e ela nem sonha que vampiros ou seres sobrenaturais existem. Uma noite, ela se depara com um estranho e sem imaginar quem Wrath é, ela o deixa entrar.

Com o desenrolar da história, Beth descobre o que ela é e o que vai acontecer. No começo Beth não acredita e não quer acreditar, mas em determinado ponto a sua única opção é confiar em Wrath.

Ao mesmo tempo que o romance é desenvolvido, a autora mostra a evolução da luta entre os redutores, liderados pelo Sr. X, contra os vampiros, mostrando que ele está disposto a tudo para que a raça de vampiros seja exterminada, começando pelos guerreiros da Irmandade. 

 Gostei muito desse livro, a leitura é muito fluída, tem uma linguagem simples e viciante. Quando comecei a lê-lo e percebi que o série possui dois focos, o romance dos guerreiros e a guerra iminente, pensei que ela não manteria o mesmo ritmo, mas fui surpreendida quando percebi que ela manteve sim a adrenalina das cenas de ação com as lutas entre os redutores e os vampiros com as cenas românticas e quentes de Wrath e Beth. Devo avisar que o livro possui muitas cenas de sexo, essas cenas são as partes mais marcantes do livro e isso pode ser fato determinante para uma pessoa gostar do livro ou não. Eu gostei e recomendo, foi sim uma das minhas melhores leituras do mês de abril.

Espero que tenham gostado e se você já leu essa série comente a sua opinião, vou adorar saber!

Boa Leitura e até a próxima!!!!










2 comentários

  1. Eu simplesmente amo essa série e você tem razão o fato de cada livro falar de um guerreiro torna a série menos cansativa. Estou louca pra saber o que você vai achar do próximo que fala do meu preferido.
    Bjs
    Meu Reino Por Um Livro

    ResponderExcluir
  2. Eu achei uma boa ideia da autora em fazer isso, alternar os personagens principais. Pode deixar que assim que eu ler vou falar o que achei,mas posso adiantar que o primeiro capítulo já prendeu a minha atenção rsrsrsrs
    Obrigada pelo comentário 😘

    ResponderExcluir

Topo